No Congresso Nacional, Fux defende diálogo entre Poderes para o fortalecimento da democracia

3 de fevereiro, 2021

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, destacou a atuação do Poder Legislativo no enfretamento à pandemia da Covid-19. A afirmação ocorreu durante a abertura do Ano Legislativo no Congresso Nacional nesta quarta-feira (3), ao lado dos novos presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Em sua manifestação, Fux lembrou das 227 mil vítimas da Covid-19 e compadeceu-se com a dor de seus familiares. No entanto, o ministro reconheceu que os cidadãos e instituições do país demonstraram capacidade de “resiliência e de superação” e que a Constituição Federal sairá mais fortalecida da crise.

“O Poder Legislativo atuou com brevidade e sensibilidade ao priorizar a ordem normativa em prol da sociedade temas da pandemia e de auxílio aos mais carentes”, apontou o ministro. Para ele, os Poderes do Estado devem construir “soluções dialógicas para o fortalecimento da democracia constitucional e para o desenvolvimento nacional”, com harmonia e independência.

O presidente ressaltou que o Poder Judiciário criou, em 2020, instrumentos de defesa dos direitos fundamentais como o Observatório dos Direitos Humanos, o Observatório do Meio Ambiente, o Juízo 100% Digital e os Escritórios Sociais para os advogados carentes de instrumentos para ingressar na justiça digital.

Ao parabenizar os presidentes recém-eleitos para conduzir o Congresso Nacional no biênio 2021-2022, Fux desejou “luz e sabedoria” durante as gestões e lembrou que, enquanto ocupantes “passageiros” de funções públicas, o foco de suas ações devem ser “em prol do fortalecimento das instituições, da democracia e das liberdades humanas e de imprensa”.

Assessoria de Comunicação da Presidência
Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados