default-logo

Presidente do STF recebe Medalha do Mérito Justiça & Cidadania

Presidente do STF recebe Medalha do Mérito Justiça & Cidadania

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Dias Toffoli, recebeu nesta quarta-feira (24) a Medalha do Mérito Justiça & Cidadania criada para homenagear quem defende e luta pela liberdade. A condecoração é oferecida pela Confraria Dom Quixote e pela revista “Justiça & Cidadania”. Também foram agraciados com a medalha os ministros do STF Marco Aurélio e Ricardo Lewandowski.

Na solenidade, realizada na Sala de Sessões da Segunda Turma do STF, 18 personalidades que se destacaram em 2018 em defesa da ética, da justiça e dos direitos da cidadania receberam os troféus Dom Quixote de La Mancha e Sancho Pança. “As figuras de Dom Quixote e Sancho Pança constituem os símbolos dos valores que devemos cultivar: a ética, a coragem, a dignidade, a determinação, o amor, o desprendimento, a renúncia e a lealdade à Justiça, ao Direito, à Constituição Federal, à democracia e à República”, afirmou o ministro Dias Toffoli.

O presidente do STF e do CNJ disse que neste momento, em que a Constituição completa 30 anos, a premiação adquire significado mais especial. “A Constituição de 1988 representa um compromisso com a instauração de um novo país, que se tornou mais democrático, livre, justo, solidário e igualitário. Se fosse preciso designar uma palavra para resumir o espírito da Constituição, eu diria que a palavra é fraternidade. Que sejamos todos nós verdadeiros Dom Quixotes em defesa dos valores constitucionais”, declarou.

O editor-executivo da revista “Justiça & Cidadania”, Tiago Salles, apontou que os três ministros do STF agraciados com a medalha são ícones que lutam em defesa das liberdades individuais. Já os que receberam o troféu foram escolhidos pela defesa da justiça, da ética, da moral e dos direitos da cidadania. “Dom Quixote é o símbolo máximo da luta incansável pela Justiça e Sancho Pança o símbolo da lealdade e da fidelidade”, apontou.

As personalidades que receberam o troféu foram: o corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins; os ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Benedito Gonçalves, Herman Benjamin, Nefi Cordeiro, Raul Araújo Filho e Sérgio Kukina; os ministros do Tribunal Superior do Trabalho (TST) João Batista Brito Pereira, Douglas Alencar e Walmir Oliveira da Costa; a advogada-geral da União, ministra Grace Mendonça; o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia; o desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) Carlos Vieira Von Adamek; o diretor jurídico da Itaipu Binacional, Cezar Eduardo Ziliotto; o vice-presidente do Conselho de Administração do Bradesco, Carlos Alberto Rodrigues Guilherme; o presidente da Academia de Letras, Ciências e Artes do Amazonas, Gaitano Antonaccio; a professora da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), Giselda Maria Fernandes Novaes Hironaka; e o advogado Márcio Eduardo Tenório da Costa Fernandes.

RP/EH
 

Acesse a notícia no link abaixo:
http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=393656

Powered by WPeMatico

Comments : Off
About the Author